International Paper

Sobre a marca Chamex

O ano de 1970 foi, sem dúvida, um dos mais importantes da história. Nele, a seleção brasileira venceu a Copa do Mundo no México, goleando a Itália por 4 a 1. Enquanto isso, o País enfrentava os chamados “anos de chumbo” da Ditadura Militar, sob o governo de Emílio Garrastazu Médici. A telenovela Irmãos Coragem fazia sucesso nas casas brasileiras que possuíam televisores, o eletrodoméstico mais avançado da época. O mundo da música assistia, estarrecido, Paul McCartney anunciar o fim dos Beatles. Foi lançado no Brasil Tim Maia, o primeiro disco de um dos principais cantores e compositores da nossa música.   Neste momento, também nascia o papel Chamex, líder de mercado desde sua criação. Cham-Ex, o primeiro papel cortado do mercado nacional, era produzido pela empresa Champion, que foi adquirida pela IP em 2000. O nome do produto uniu as quatro primeiras letras da companhia e as duas primeiras da palavra “expediente”, reforçando a idéia de que se tratava de um produto a ser utilizado no cotidiano do escritório. Ele era vendido em pacotes de 500 folhas, envoltas em papel kraft pardo, com a marca Champion / Cham-Ex impressa em diagonal. 

 

Em 1972, Cham-Ex transformou-se em uma linha completa de papéis. Diferenciados pela embalagem, cada produto possuía um uso específico indicado por número: Cham-Ex 100 (80 g/m²) era utilizado em duplicador à tinta; o 200 em mini-offset e serviços gerais de escritório; o 300 em mimeógrafo a álcool; o 400 para uso em copiadoras a toner pó do tipo Xerox; o 500 era considerado um papel mais nobre e tinha marca d’água; e o 600 era utilizado em cópias reprográficas a toner líquido. Todos os pacotes possuíam 500 folhas.

 

O papel passou a se chamar Chamex, sem o hífen, em 1993. A decisão tornou o nome mais sonoro e atrativo graficamente. Os rótulos do produto mantiveram as cores que diferenciavam as categorias, mas passaram por uma grande mudança gráfica. As embalagens se tornaram mais modernas e as informações sobre as suas características, mais fáceis de ler. Em 1998, a International Paper modificou as suas embalagens mais uma vez. Os números (de 100 a 600) foram substituídos pela finalidade a qual se destinavam, mas as cores características do produto foram mantidas.

 

Ainda com o objetivo de manter um papel para cada tipo de uso, em 2005 foram lançados os novos nomes de Chamex: Office, indicado para a rotina do escritório; Multi, para ser usado diariamente; Super, mais encorpado e resistente; Eco, produzido com fibras renováveis e recicladas e Colors, disponível em 5 cores diferentes . Clique aqui e conheça os produtos Chamex

Clique aqui e conheça os produtos Chamex